ALTERNATIVAS À MINERAÇÃO

Ao mesmo tempo que a economia de Minas Gerais está fortemente ligada à mineração, os riscos e impactos desta atividade precisam ser debatidos para permitir um desenvolvimento sustentável dos territórios e municípios.


Pensar em alternativas à mineração é uma necessidade que passa pela avaliação das potencialidades de cada município e das oportunidades de diversificação econômica local e regional.


O Projeto de Reconversão Produtiva em Territórios Minerados foi criado para apoiar os municípios que têm suas economias fortemente ancoradas na mineração a identificarem novas possibilidades de sustentação econômica e desenvolvimento local.

OBJETIVO

O objetivo deste projeto é o de contribuir para a redução da dependência econômica de municípios mineiros em relação à atividade minerária. 

QUEM REALIZA

O projeto é resultado da parceria entre Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Minas Gerais (Sede), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae/MG), Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) e Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais (Amig).

MELHORIA DO AMBIENTE

DE NEGÓCIOS

A redução da dependência da atividade minerária passa por um planejamento focado na melhoria do ambiente de negócios nos municípios. Neste projeto, para essa finalidade, usamos a abordagem DEL (Desenvolvimento Econômico Local) que auxilia gestores públicos e agentes envolvidos com o planejamento econômico dos municípios a pensarem em ações focadas nestas cinco dimensões do desenvolvimento:

  • Capital Empreendedor
  • Tecido empresarial
  • Governança para o desenvolvimento
  • Organização produtiva
  • Inserção competitiva

FOCO ESTRATÉGICO

Mudar a matriz econômica de um território é tarefa complexa e que precisa envolver diversos atores locais. Entidades públicas e privadas, lideranças e representantes da sociedade civil devem dialogar e unir esforços em busca das seguintes alternativas de reconversão produtiva:

Diversificação para um novo segmento econômico, ou seja, encontrar uma nova especialização produtiva para o território

Diversificação fortalecendo outras vocações já existentes no território

Reposicionamento da atividade mineral, com a qualificação da cadeia produtiva do setor

EXPECTATIVAS PARA A ETAPA 2

O projeto cria um ambiente favorável à discussão de estratégias de reconversão produtiva e possibilita os mecanismos necessários à concretização de um plano de desenvolvimento, entre eles:

Formação de uma governança local que atue no tema da reconversão produtiva

Suporte às lideranças locais para a criação de uma Agenda Estratégica para cada um dos territórios.

Definição de uma estratégia de reconversão produtiva visando a diversificação econômica

LINHA DO TEMPO E PRÓXIMOS PASSOS

Linha do tempo e próximos passos

AÇÕES CONCRETAS

EVENTOS

Seminário de Reconversão Produtiva em Territórios Minerados • fevereiro de 2020

Delta Forum • dezembro de 2019

Fotos: Paulo Márcio e Cláudio Cunha

ARTIGOS

Eqüidade intergeracional na partilha dos benefícios dos

recursos minerais: a alternativa dos Fundos de Mineração


Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez

Doutora em Política e Gestão Ambiental pelo CDS (UnB). Professora do Departamento de Economia da das Universidades UNAMA e UFPA

Especialização e diversificação produtiva: um modelo de painel espacial para a indústria extrativa mineral em Minas Gerais


Mariana Medeiros Nahas

Mestre e doutoranda em economia, com ênfase em economia regional, pelo Cedeplar/ UFMG. Especialista em análise de dados espaciais


Rodrigo Ferreira Simões

André Braz Golgher, Luiz Carlos de Santana Ribeiro

PARCEIROS DO PROJETO

COORDENADORES DO PROJETO